“A gestão Greca serviu para o tempo dela, mas já não serve mais”, diz Carol Arns

m debate com a Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig) nesta quarta-feira (4), a candidata à Prefeitura de Curitiba, Carol Arns (Podemos), defendeu a mudança de perfil da gestão municipal.

“O gestor precisa se colocar no lugar das pessoas para criar soluções adequadas para que as pessoas saiam do sufoco. A gestão do atual prefeito Greca serviu para o tempo dela, mas já não serve mais. Uma gestão tem que estar sempre ajustada ao momento em que a gente vive. Quero ser prefeita para colocar Curitiba no rumo certo e dar o foco para a geração de trabalho e renda”, afirmou.

No debate, Carol também destacou a falta de articulação política por parte da Prefeitura de Curitiba. “A Prefeitura nunca assumiu o papel de articulação política. Essa é a verdade. E a Prefeitura tem que assumir essa postura. A cidade de Curitiba precisa de uma articulação inteligente. Só assim vamos chegar aos resultados que a gente precisa”, apontou.

Ao apresentar sua proposta para a geração de trabalho e renda em Curitiba, Carol falou da falta de confiança da atual gestão nos empreendedores. “Para desburocratizar, eu tenho um princípio que o atual prefeito não tem, que é a confiança. O grau de esforço de Curitiba para fiscalizar é muito maior do que o grau de esforço para abrir as empresas. A gente tem que inverter essa lógica. Isso é princípio de gestão”, ressalta.

Na visão de Carol, a mudança de entendimento tem que ocorrer ainda em outras áreas como integração com a Região Metropolitana, ações de fomento à cultura, meio ambiente e alternativas de mobilidade. “Curitiba se acomodou. Precisamos de um novo momento, uma nova forma de se relacionar com as pessoas e de alguém que tenha uma visão mais crítica”, complementou.

Fonte: Blog do Tupan