Gralha Confere: TRE-PR cria agência de checagem de notícias

Visando combater a enxurrada de notícias e informações falsas que têm sido pauta de debates nos últimos anos, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) criou o site de checagem “Gralha Confere”.  A ideia é verificar a autenticidade de informações que circulam sobre o processo eleitoral e à segurança do voto no estado. Em entrevista para o Brasil de Fato Paraná, o presidente do TRE-PR, desembargador Tito Campos de Paula, destaca que a ação é importante já que as redes intensificaram a propagação de uma prática que não é recente, mas que no passado se dava em escala bem menor. “Isso evoluiu, infelizmente, e agora é utilizado pelas redes digitais e em uma velocidade quase instantânea”, diz e emenda: “Precisamos ser ágeis para coibir as notícias falsas. Às vezes, em uma hora, o estrago é grande.”

Durante o período eleitoral os conteúdos das checagens serão publicados na página da agência, nas redes sociais do tribunal e também em páginas de entidades parceiras do projeto. As informações serão verificadas e classificadas com as tags “verdadeiro”, “impreciso” ou “falso” e editadas em diversos formatos. A população também poderá participar enviando dúvidas via WhatsApp (+55 41 98700.5100). Importante destacar que não serão averiguadas informações sobre candidatos e partidos.

Considerada a primeira Central de Combate à Desinformação da Justiça Eleitoral, a agência é operada por servidores da Comunicação Social do tribunal e se baseia nos bancos de dados da Justiça Eleitoral e em informações de porta-vozes internos. O Tribunal também fez convênios com mais de 50 entidades públicas e veículos de imprensa. O projeto parte do Programa de Enfrentamento à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU e em critérios internacionais de checagem.

Fontes: Brasil de Fato PR e TRE-PR