Veja o que Rafael Greca pretende fazer se for reeleito à prefeitura de Curitiba

Rafael Greca é candidato à reeleição pelo DEM (Democratas) em coligação com mais cinco partidos. Ele falou ao Paraná Portal sobre seus quatro anos de mandato, sobre os desafios que ainda precisam ser encarados e o que pretende fazer para enfrentar a crise pós-pandemia caso seja reeleito.

Nos próximos dias, o Paraná Portal publicará as respostas e um vídeo de cada um dos demais candidatos. A publicação segue a ordem de recebimento, pela redação, do material solicitado.

Veja o que diz Rafael Greca:

1 – Por que o senhor acha que deve continuar à frente da Prefeitura de Curitiba?

Porque estou entregando a cidade melhor, mais bonita e mais justa do que a recebi do meu antecessor. Nossa “Recuperação de Curitiba” foi um êxito. Saímos da categoria “C” na classificação da Secretaria do Tesouro Nacional para a Letra “A”.

Recuperamos completamente o poder de investimento da Prefeitura de Curitiba, equacionamos a Previdência, pagamos todas as contas, não atrasamos salários nenhum dia, antecipamos o pagamento do 13.º salário em meses, demos 2 aumentos ao funcionalismo.

Resgatamos o “Rosto da Cidade”, com ampla preservação do Patrimônio Histórico e Cultural, iluminação cênica dos monumentos, preservação de todas as estátuas de bronze e recuperação com resina antipichação dos principais prédios históricos e seu entorno.

Temos um amplo programa de obras a cumprir. Asfalto novo nas vias de transporte coletivo e ligações entre bairros, um inédito programa de drenagem, compactação de base em leito de rua, iluminação pública com LED e asfalto sobre o saibro.

Temos uma Fazenda Urbana no Cajuru, 95 hortas comunitárias, 3 mesas solidárias, 3 mercados municipais, 89 feiras livres, 5 restaurantes populares a R$ 3 por refeição, 34 Armazéns de Família, um Mercado Comum Metropolitano voltado à produção de Comida de Verdade e Segurança Alimentar.

Temos ainda um programa de regularização fundiária, um programa de iluminação led dos 75 bairros. Temos um reflorestamento urbano de mais de 100 mil árvores desde a última primavera e estamos plantando mais, as flores abundantes de Curitiba são produção nossa, nos hortos restaurados.

Com tecnologia de um Laboratório Pedagógico Google, forte ensino de robótica e método do MIT – do “it Yourself”, com impressoras 3D nos Faróis do Saber e da Inovação – criamos um vigoroso Ensino Público – o melhor dentre as capitais do Brasil em IDEB.  Uma das nossas escolas – a Durival de Brito das Vilas Oficinas, ganhou em Biblos, no Líbano, o Prêmio Mundial de Robótica.

Temos remédios em abundância, nas Farmácias Curitibanas, na Rede de Saúde é exemplar Serviço Público, dotado de um Laboratório de ponta de Análises Clínicas. Nossos hospitais são modelo referencial para o Brasil, inclusive o Hospital Municipal do Idoso e o Hospital do Bairro Novo.

Nem a grave pandemia nos abateu – temos excelentes resultados no SUS Curitibano, inclusive com alto índice de recuperados (40.545 pessoas até o dia 6 de outubro), praticando os protocolos mais avançados de medicina no combate à doença: os mesmos remédios ministrados ao presidente Trump são aplicados nos nossos pacientes, sobremaneira nos 3 hospitais que fizemos para evitar colapso do Sistema de Saúde.

Saímos da pandemia com R$ 527 milhões em caixa no Fundo de Prevenção de Catástrofes, criação nossa, o único que uma cidade brasileira possui. Há ainda muito a ser feito. Sei fazer direito meu ofício de Prefeito.

2. Quais são os principais desafios que o sr. deverá enfrentar no caso de ser reeleito?

Criar uma rede de serviços metropolitanos mais ampla, ampliar o Mercado Comum Metropolitano, unir e integrar os transportes públicos. Tratar toda a Região Metropolitana – sobretudo as 9 cidades conurbadas – como uma cidade só. Desenvolver a Muralha Digital com uma visão macro da Segurança Pública e integração das guardas municipais, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal. Desenvolver economia criativa capaz de dar a volta por cima na depressão pós-pandemia que temos certeza de poder minimizar.

Leia a íntegra da entrevista aqui.

Fonte: Paraná Portal