Veja o que Zé Boni pretende fazer se for eleito prefeito de Curitiba

Zé Boni é candidato a prefeito de Curitiba pelo PTC (Partido Trabalhista Cristão) nas Eleições 2020. Ao Paraná Portal, ele falou sobre o que pretende fazer caso seja eleito, abordou suas principais propostas e como pretende agir durante o pós-pandemia.

1. Por que o senhor acredita que deve assumir a Prefeitura de Curitiba?

Zé Boni: Eu me sinto preparado para assumir este grande desafio. Visitei todos os bairros e vilas de nossa cidade ao longo de 2019 e 2020 durante minha pré-campanha, me reunindo com famílias e moradores de Curitiba. Nestas visitas levantei todas as demandas que a população curitibana anseia. Montamos uma comissão de técnicos especialistas que, acreditando no projeto de transformação de nossa capital, receberam as demandas colhidas e formatamos o melhor plano de governo da história de Curitiba.

Com base nisso posso afirmar que sou o mais preparado para dar resposta ao que o nosso povo quer: mudança com qualidade. Além disso, sou o único candidato a Prefeito que realmente visitou Curitiba. Muitos que estão no pleito conhecem de ouvir falar, sequer enviaram assessores ouvir o povo, ou seja, são mais do mesmo e não poderão melhorar a vida de nossa gente

2. Quais são os principais desafios que o senhor deverá enfrentar no caso de ser eleito?

Zé Boni: O principal desafio que enfrentaremos é colocar Curitiba novamente na vanguarda de seu tempo, ser exemplo em tantas áreas como foi no passado. Temos que pensar nas próximas gerações. Temos que pensar na educação, saúde, segurança, mobilidade, ação social, geração de empregos e renda.

Curitiba precisa avançar, e para isso é necessário energia, velocidade, disposição e juventude para dar conta de responder as demandas de nossa cidade. Curitiba não pode continuar vivendo de velhas ideias, é necessário renovar. Para cada um destes desafios citados tenho um plano factível e exequível em meu plano de governo. Acesse o plano de governo em www.zeboni.com.br

Leia a entrevista completa aqui.

Fonte: Paraná Portal